sábado, 27 de setembro de 2014

O AMOR não é uma ESCOLHA. É um DESASTRE.



Os relacionamentos parecem estar no auge da popularidade.
Eu vejo isso todo o tempo: homens e mulheres que permanecem estagnados em relacionamentos ou que optam por não entrar em novos porque é mais fácil do que ficar sozinhos ou começar do nada.
Eles ficam em suas zonas de conforto e familiaridade em algo que não funciona em vez de ter a coragem  de correr riscos em uma possibilidade que possa lhes trazer felicidade.
Algo que possa levá-los ao futuro que sempre almejaram.
Algo que possa, de fato, envolver o perigo de ter o coração partido.
Preferem o conforto de suas caixas.
Então, contentam-se com menos do que desejam.
Contentam-se com relacionamentos medíocres e romances mornos e distantes parceiros de cama.
E, de fato, acabam por aqui mesmo.
Ou em algum lugar como este.
Talvez em algum lugar com lojas como Hickory Farms ou JCPenney ou Beck's Shoes, em vez de Bristol Farms, Bloomingdale's ou Kenneth Cole.
Mas, independentemente do lugar, todos eles servem ao mesmo propósito.
Compras ajudam a ocultar o que vai mal em um relacionamento.
Talvez não tanto como um bom sexo, mas se pode comprar algo bonito para si, mimar-se com um par de sapatos ou com aquele relógio no qual você está de olho, ou algumas horas em um spa diário, você pode se sentir melhor intimamente e isso ajuda a se sentir melhor diante de seu relacionamento.
Ao menos por um tempinho.
Até que perceba que está apenas mascarando a causa de seu próprio sofrimento.
Estou aqui para acabar com isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário